Seja um dos seguidores do meu blog

quarta-feira, março 25, 2009


História do Origami

Os chineses inventaram o papel e descobriram como dobrá-lo, contudo a
dobragem de papel, nasceu no Japão, na idade Média. A dobragem de papel era algo
bastante formal, de origem folclórica religiosa, cujo objectivo era limitado às funções
cerimoniosas, a partir daí, desenvolveu-se um tipo de dobragem mais conhecido por
todos nós - a que é feita como diversão. Como fazer pássaros, flores e animais a partir de
papel dobrado foi passado de geração em geração pelas mulheres do Japão até chegar
aos dias de hoje.
Actualmente, a dobragem, baptizada com o nome japonês Origami, pode ser
executada por qualquer pessoa. A dobragem cresceu: nas ultimas décadas, formou-se
um movimento internacional do Origami e cresceu entre pessoas de todas as idades e
nos mais variados sectores de actividades. Todos se divertem. Cada dia que passa, são
descobertas novas técnicas e formas mais complexas de se dobrar papel, mantendo
contudo a máxima de que o resultado é sempre obtido a partir da simples dobragem do
papel sem cola, cortes, grampos, ou qualquer outro tipo de ajuda.

O que é Origami
Origami (significado etimológico: "dobra(ori) e papel "(Kami). Quando pronunciadas
juntas o k é substituído pelo som do "g".) é a arte de dobrar papel sem o auxilio de
tesoura ou cola (Origami puro). Não existe tamanho, formato ou tipo de folha específica
para fazer uma peça de Origami. Com uma folha de papel é possível fazer: objectos
geométricos, fauna e flora, enfeites, cartões e composições (Origami modular onde várias
folhas são usadas para criar formas mais complexas).
É uma arte apaixonante que atrai crianças, adultos e idosos. O interessante é que
de uma folha de papel é possível fazer coisas magníficas, que as vezes demoram horas
para serem feitas e que leva segundos para serem destruídas. Ainda falta muito para o
Origami ter a posição que merece, todos nós fazemos Origami quando amassamos um
papel ou quando fazemos aquele barquinhos de papel!

A MAGIA DE UM SIMPLES PEDAÇO DE PAPEL

No origami se aprende a respeitar uma folha de papel. Explica-se esta atitude através da mentalidade oriental, que não tolera o desperdício. Inclusive um dos maiores ditados populares no Japão é “não se pode desperdiçar nem uma folha de papel”.
Para eles as dobraduras têm todo um significado simbólico, assim, o sapo representa o amor e a fertilidade; a tartaruga - a longevidade e o “tsuru” (ave-símbolo do origami) - boa sorte, felicidade, saúde.
Transformar uma simples folha de papel numa flor, balão, ave ou qualquer outro objeto de forma tridimensional, é um momento mágico do origami. Mas além da beleza do trabalho, que gratifica quem faz e quem vê, o origami traz em sua essência uma grande filosofia de vida. “No origami a primeira dobradura deve ser muito bem feita, para que o papel possa ficar em pé. Assim também é na vida. As crianças devem receber uma boa educação, pois se não têm uma boa estrutura não conseguem parar em pé”, ensina Kazuko Horiuchi, professora de origami. Diz ainda o origamista Kunihiko Kasahara que “Dobrar o papel parece um ato extremamente simples, mas este simples movimento na realidade nos fornece uma grande alegria que invade nossa alma”.
Assim o origami é considerado um importante instrumento educativo e terapêutico. Seu uso trabalha com a parte física e o lado emocional, onde estudos comprovam que ao trabalhar com as duas mãos, é exercitada toda à parte do cérebro. Exercitando ainda a coordenação motora, atenção, visualização espacial e a criatividade.
Mas não é apenas para crianças que os especialistas no assunto, defendem o origami, muitas empresas já propõem cursos para os funcionários como atividade de relaxamento e dentro do programa de integração, as aulas ajudam a sociabilizar as pessoas e fazer com que elas trabalhem em grupo. Também, sendo usado pela psicologia para estabelecer relações, permitir análises e interpretações.

2 comentários:

Marcelo disse...

Legal, o bloguinho já está funcionando?
Abração

Aninhahh.' disse...

Adorei o seu blog... Adoro Origami, ñão tenho muita prática não...E gostaria de aprender mais...